Vamos falar sobre “Surpreenda! Faça além do esperado”

Eba! Tô estressado.
Fevereiro 6, 2017
Vamos falar sobre “Você é o que pensa”
Fevereiro 20, 2017
Show all

Vamos falar sobre “Surpreenda! Faça além do esperado”

 

PRONTO! A sensação de fazer aquilo que nos pedem é fantástica, sentimos que fizemos a nossa parte, e portanto somos merecedores de ser reconhecidos por aquilo que era a nossa obrigação, era o que estava dentro do combinado.

 

Boa parte das pessoas agem dessa forma, vamos exemplificar: uma pessoa é contratada para limpar um terreno, tirar as ervas daninhas, o mato alto, em dois dias. Muito bem a pessoa recebe a ordem e parte para executá-la. Dentro do prazo ela cumpre a tarefa e se sente realizada, chega ao empregador toda animada, se sentindo muito bem e esperando que a pessoa que a contratou reconheça que ela fez um excelente trabalho e terminou dentro do prazo.

 

Mas ela não foi contratada para fazer isso? Porque ela espera reconhecimento por ter feito aquilo que era dever dela, aquilo ao qual foi chamada?

 

Parece ser uma necessidade humana excessiva buscar pelo reconhecimento mesmo fazendo aquilo ao qual ela foi chamada e isso é um inimigo da produtividade e da criatividade que gera qualidade e inovação. Em um segundo exemplo, essa mesma pessoa limpou o terreno, amontou os entulhos, colocou em uma carretinha o mato cortado e levou para um lugar especifico, recolheu o lixo, ou seja, fez muito mais do que ela foi contratada e quando chegou a pessoa que a contratou não esperou ser reconhecida por isso.

 

Sempre que fazemos algo além, mesmo que seja pouco esperamos o reconhecimento, poucas são as vezes que entregamos além do combinado sem esperar algo em troca.

 

O Japão foi destruído na guerra, e se reconstruiu de forma absurdamente rápida, muito se deve a cultura oriental, baseada na disciplina. Uma das pessoas responsáveis por essa mudança no processo de reconstrução da indústria japonesa foi o Dr. W. Edwards Deming que mudou o conceito de qualidade, na visão dele a qualidade não pode ser medida apenas na execução de um produto nos mais altos padrões, mas sim em um processo continuo de busca pela qualidade, sempre procurando a superação da última etapa. Na sua visão a bisca constante pela qualidade é o melhor investimento a longo prazo, e redução de custos em todas as áreas da empresa. Menor reclamação de clientes, menor retorno de produtos para reparo, maior autoridade agregada ao produto ao longo dos anos, e maior rentabilidade.

 

Sabe porque? Sempre entregue mais do que lhe pedem, sempre dê mais do que foi combinado, SURPREENDA!

 

Esse conceito pode ser perfeitamente aplicado em todas as áreas, e quando isso ocorre sua marca é valorizada, seu produto e serviço se destacam de forma natural pelo seu usuário. Não precisa de pedir por esse reconhecimento, ele virá de forma natural e é melhor que aconteça assim, o que vem de forma espontânea costuma gerar mais credibilidade.

 

Hoje você vende algo, comercializa ou oferece algo para um público e o sucesso dele depende desse princípio contínuo de qualidade, se você tem uma empresa que fabrique um produto especifico e entregue mais do que foi pedido, se presta um serviço faça o mesmo, surpreendendo com algo a mais, dentro da sua comunidade servindo seus companheiros, faça mais, e sem requerer nada em troca, isso tem um poder tremendo de criar algo novo e poder dar credibilidade ao que você está oferecendo.

 

Faça diferente, surpreenda!

 

Mailson Brandão

 

Acesse nossa plataforma de cursos grátis: www.negocioavancado.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *